A Importância da Visão no Gerenciamento de Projetos

A visão no gerenciamento de projetos é pouco comentada, porém, é a visão que conduz ou deveria, pelo menos, conduzir quaisquer projetos. Foi assim com as pirâmides do Egito, foi assim com a muralha da China e será, com uma visão antecipada, com qualquer projeto que será criado. Um projeto que deseja o sucesso, onde acredito que são todos, deve ter como gerente de projetos com a correta ciência do que é a visão que ele necessita atingir.

Acredito que tudo o que ocorre e que leva um profissional a um bom gerente de projetos, é a condição ao seu redor e que determina a VISÃO adotada diante de cada situação, com certeza, fundamentado em seus princípios. Um exemplo, Einstein, teve suas primeiras dúvidas sobre física na sua infância, quando, ao passar debaixo de uma ponte com uma bússola, viu que seu ponteiro havia se movimentado. A sua visão foi querer entender o que se passava, influenciado pelas condições de vida que teve, fez com que ele buscasse, com o passar dos anos algo maior. Outras crianças poderiam ter visto o mesmo movimento e não terem a menor visão sobre o que gerara tal movimento. Einstein sempre buscou o que havia de mais amplo, leis universais, para explicar o que ocorria, por isto chegou a grande Teoria da Relatividade. Não digo que seja somente curiosidade, pois quando se é movimentado somente pela curiosidade, ou se desiste depois de uma grande persistência sem resultados, ou na primeira resposta satisfatória para por ali.

A minha idéia a respeito é que, para ser um ótimo gerente de projetos, não basta curiosidade, não bastam técnicas, mas tem que se buscar uma maneira perfeita para resolver os problemas de uma organização e, também, da sociedade na condução de novos projetos. Muitas vezes, que acredito ser errôneo, as técnicas são tratadas como o objetivo principal no projeto e não a visão do que o projeto deva atender, desta forma corre-se o risco de focar no microcosmo do projeto e o projeto desviar de seus reais objetivos ou mesmo ficar cegos diante das prioridades e dos riscos surgidos durante o projeto, por não estar atento, a todo momento, às necessidades do cliente.

A VISÃO é mais ampla, coerente com a organização e com o mundo e se você trabalha nos projetos com o objetivo de buscar a precisão de sua condução, adequação e resultados precisos para as necessidades apresentadas, onde as técnicas, métodos e processos são um meio para atingir aquela VISÃO, porém não limitados a elas. Einstein não se limitou ao conhecimento existente, apenas fez uso deles para dar um salto que nem Newton havia dado. O que é melhor: Acredito que todos podemos trabalhar, todos os dias, esta VISÃO, e assim, todas nossas técnicas, métodos e processos, serão avaliados com bons ou ruins para o objetivo que se pretende atingir. Mozart, Beethoven, Shakespeare, Paulo de Tarso, Peter F. Drucker, Bill Gates e muitos outros tiveram VISÃO.

“Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova.”
Gandhi

A visão é parte atuante no que quer que se deseja fazer, isto não tem haver com as idéias de O SEGREDO, que tem seu lado místico, nem tão pouco uma idéia fantasiosa, mas é puramente saber onde se quer chegar, trabalhar sempre para adequar o escopo a real necessidade. Quanto mais apurada a visão organizacional e de mundo, melhor se terá condições para entregar um excelente projeto.

Leave a Comment (0) ↓