Processos da Engenharia de Requisitos – Identificação

Olá companheiros, no meio deste primeiro dia de outono, estou eu aqui para tentar passar um pouquinho dos Processos da Engenharia de Requisitos. Bom, então vamos lá?

Como vimos no artigo anterior, à identificação de requisitos é composta de 4 processos principais e um processo de gestão posterior à documentação. Hoje vamos estudar um pouquinho o primeiro processo, o processo da Identificação dos requisitos.

 

 

Identificação dos Requisitos, o que é isso?

O processo de identificação dos requisitos  consiste em analisar as características a serem atendidas pelo sistema, para que atenda às necessidades e expectativas do cliente. As funcionalidades solicitadas pelo cliente devem ser analisadas para verificar possíveis impactos no desenvolvimento das demais funcionalidades do sistema. Alem disso é importante uma validação junto à equipe de desenvolvimento, para verificar se as tecnologias disponíveis para o desenvolvimento atendem as necessidades do cliente.

 

 

Atividades envolvidas no processo de identificação de requisitos.

No processo de identificação de requisitos, possuímos 4 atividades básicas, são estas:

  • Compreensão do domínio: é muito importante para o analista compreender o domínio no qual a organização e o projeto se inserem; quanto maior for o conhecimento acerca do domínio, mais eficaz será a comunicação entre o analista e as partes interessadas.
  • Identificação das partes interessadas: estes já deverão ter sido identificados nos estudos de viabilidade, porém na de identificação de requisitos é preciso concentrar as atenções nos utilizadores do sistema, pois eles poderão contribuir muito com o projeto.
  • Captura: consiste na obtenção com o cliente dos requisitos (funcionais e não-funcionais (veremos mais sobre isso nos próximos artigos)) pretendidos para o sistema.
  • Identificação e análise de problemas: os problemas devem ser identificados e soluções devem ser propostas em conjunto com as partes interessadas.

 

Dificuldades

Em breve, você contará com várias novidades

Esta fase não é trivial, sendo que existem algumas dificuldades típicas que lhe estão associadas:

  • O cliente pode não saber exatamente o que deseja para o sistema, ou sabê-lo mas não conseguir articulá-lo ( o que é bastante comum ).
  • Os requisitos identificados podem não ser realistas (do ponto de vista econômico ou tecnológico, por exemplo).
  • Cada parte interessada pode expressar os mesmos requisitos de formas diferentes, sendo necessário – através de um bom conhecimento do domínio – identificar estas situações.

 

No próximo artigo, veremos técnicas para identificação dos requisitos.

Comentem…

Leave a Comment (0) ↓