Por que analisar o ambiente empresarial?

O ambiente empresarial diz muito do que somos capazes de realizar.  Sua composição determina quão acirrada será a disputa por clientes e principalmente pelo lucro. Isto implica esforço e dedicação, principalmente para captar e manter os consumidores que vão e vem nesta “onda” movida por necessidades e desejos.

 A compreensão do ambiente é resultado da análise das variáveis que o compõe. Economia, tecnologia, política, legislação são macro-variáveis que “fogem” ao controle do gestor e da empresa. Neste caso, o máximo que a empresa inteligente pode fazer, é adaptar-se rapidamente  lembrando que a flexibilidade e a adaptabilidade ocorrem em algumas situações em momentos quase concomitantes.

Porém, apenas adaptar-se as novas demandas do mercado já não é suficiente. A exigência é muito maior! O entendimento do ambiente competitivo consiste em analisar o passado, diagnosticar o presente e prognosticar o futuro.

O coringa desta questão “prognosticar o futuro”, não é o principal objetivo da análise ambiental, mas sim, como atingir os objetivos e as metas empresariais e mercadológicas neste futuro?

Ao compreender as forças e fraquezas (ambiente interno da empresa), oportunidades e ameaças (ambiente externo) elabora-se uma estratégia de ação. Estratégias corporativas ou mercadológicas devem ser pautadas numa análise bem elaborada e realista.

De acordo com Cavalcanti (2001) “A estratégia é como um indicador ambiental dos negócios e de cenários variados, obtendo o sentido sinérgico das organizações”.

Percebe-se que a compreensão do ambiente em conjunto com indicadores de ações estratégicas fortalecem a empresa e proporcionam um melhor aproveitamento de suas potencialidades e oportunidades.

Para que você melhore os resultados de sua empresa apresento abaixo o modelo de SWOT – strenghts (forças), weekeness (fraquezas), opportunities (oportunidades) e threats (ameaças). Observe o caro leitor, que este modelo, serve tanto para a análise interna e externa da empresa, como para uma área comercial. A única diferença é que no caso da análise de uma equipe de vendas, por exemplo, o “estrategista”, irá analisar as forças e fraquezas dos vendedores e/ou produtos, e as ameaças e oportunidades da região onde atuam e vendem os seus produtos. Caso tenha interesse em maiores informações sobre como utilizar este ferramenta, envie um e-mail.

A você boa sorte!Obrigado por ler este artigo!

*Forças (faça uma relação de variáveis do ambiente interno)
*Fraquezas
_________________________________________________

*Oportunidades (faça uma relação de variáveis do ambiente externo)
*Ameaças

Leave a Comment (0) ↓