Conceituação de e-marketing

E-marketing nas empresas
Milhares de empresas já estão na internet. Muitos desses sites web oferecem aos usuários uma ampla variedade de serviços.
Está claro que os profissionais de marketing estão entrando no e-marketing para encontrar, atingir, comunicar e vender .
E-marketing é um processo destinado a vender produtos e serviços para um público-alvo que utiliza a internet e sistemas de informação on-line, mediante a adoção de ferramentas e serviços on-line de uma maneira estratégica e coerente com o programa de marketing global da empresa.

Os benefícios da presença eletrônica sob a visão do e-commerce

Uma empresa pode marcar presença eletrônica na web de duas maneiras: comprando espaço em um serviço comercial on-line ou abrindo seu próprio site web. Comprar espaço num serviço comercial envolve alugar espaço de memória no computador da empresa de serviço on-line ou estabelecer um link do próprio computador da empresa com o shopping center da empresa de serviço on-line.

Em geral, os serviços on-line projetam a loja virtual, pela qual a empresa paga uma taxa anual e um pequeno percentual das vendas on-line.
Entretanto, milhares de empresas criam seus próprios sites web, normalmente ajudadas por uma agência de design web.

Esses sites assumem duas formas básicas:

a) Site Web Corporativo: é um site que oferece informações básicas sobre a história da empresa, missão e filosofia, produtos e serviços e localização. Ela pode também oferecer informações atualizadas, dados de desempenho financeiro e oportunidades de emprego. Esses sites são criados para responder as perguntas dos clientes por e-mail, construir relacionamentos mais estreitos e gerar interesse pela empresa.

b) Site Web de Marketing: é um site que projeta o marketing para atrair os clientes atuais e potenciais para uma compra ou outro resultado de marketing. O site pode incluir um catálogo, dicas de compras e promoções, como cupons, eventos de venda ou concursos. A fim de atrair os visitantes, a empresa promove seu site web em propaganda impressa, por radiotransmissão e através de anúncios em banners que aparecem em outros sites web.

Desta forma pode-se conseguir prender a audiência e direcioná-lo a aprender sobre seus produtos e serviços e o resultado será uma participação mais longa e um maior envolvimento.

Manter uma presença comercial on-line representa uma vantagem sobre as empresas que ainda não se dispuseram a fazê-lo. Isto proporciona um canal alternativo para a promoção e a distribuição de produtos e serviços.
Nota-se com isto que, além de mostrar a empresa, pode-se também mostrar de forma detalhada a linha de produtos, suas características, atributos, preços, o diferencial oferecido pelo produto em relação aos da concorrência e tudo mais que valha a pena destacar.

As estratégias de venda podem ser dimensionadas de acordo com necessidades específicas, uma vez que cabe ao consumidor escolher a trilha que o conduzirá às informações necessárias para fundamentar a sua decisão de compra.

Desta forma, uma loja de eletrodomésticos, por exemplo, pode selecionar o item “torradeira” e então visualizar as fichas técnicas e fotografias de todos os modelos disponíveis. Com base nesses dados, ele escolhe a torradeira de sua preferência e faz encomenda preenchendo um formulário on-line.

O espaço na superestrada da informação não é problema , pois pode-se criar quantos arquivos de dados ou figuras quiser, pois o espaço é barato.
Na web, cada produto pode ser visualizado e demonstrado individualmente, com ilustrações e especificações completas e os arquivos contendo textos ou desenhos podem ser armazenados on-line para que os consumidores os examinem quando desejarem.

A qualidade gráfica das imagens estáticas é bastante satisfatória nos monitores atuais. Isto significa que os consumidores podem ter uma idéia bastante realista da aparência do produto e além do mais o consumidor tem acesso rápido a informação
Um fato é indiscutível: a tecnologia oferece uma série de possibilidades para o profissional de marketing criar e veicular mensagens capazes de alavancar as vendas.

A tecnologia também atua como um elemento nivelador das empresas de grande e pequeno portes, pois a tecnologia faz com que as empresas possuidoras do conhecimento – sejam elas grandes ou pequenas – tenham maior vantagem e alcancem mais rapidamente os consumidores. Quem for mais esperto sobreviverá: o tamanho não é mais importante, pois pequenas empresas podem parecer grandes.

As empresas podem beneficiar com o marketing on-line de várias maneiras. Com ele é possível:

a) Alcançar uma audiência refinada em um ambiente que ainda não está saturado pela concorrência.
b) Atingir um grupo definido de consumidores com precisão, e desenvolver um diálogo contínuo com eles.
c) Efetuar transações comerciais eletronicamente e a um baixo custo. Mensagens de e-mail e arquivos de dados podem ser transmitidos para consumidores selecionados ou listas de clientes em questão de segundos, e tudo por apenas alguns centavos.
d) Dinamizar o processo de vendas, permitindo que os fabricantes se comuniquem e vendam diretamente para os usuários finais, sem a necessidade de recorrer a canais clássicos de distribuição.
e) Agir com maior rapidez, acrescentando produtos a listagens e modificando propostas de venda em questão de instantes.
f) Manter o controle da interação, dos passos e dos resultados das vendas.

A viabilidade da criação de um web site marketing para pequenas empresas

De acordo com o exposto pode-se analisar que o e-commerce é uma ferramenta imprescindível para as transações de b2b e b2c e o segmento de informática mostra-se cada vez mais promissor.
O marketing eletrônico apresenta baixos custos, bem como para criação de um home page. Assim, podemos afirmar então que, independentemente do porte da empresa, é possível marcar presença on-line.

O grande número de pequenas empresas na web se dá devido aos custos dessa mídia serem bastante acessíveis – limitando-se, basicamente, ao aluguel de espaço em um provedor e ao pagamento pelo serviço de criação da página.

Com certeza a marca do produto que se pretende comercializar na Internet é um fator determinante na hora da compra, porque o consumidor normalmente já tem um vínculo e uma confiança na marca, o que em situação de desconhecimento desta, acarretaria muito mais custos no que refere-se a divulgação, aceitação e fidelização.

Um bom site pode ser um grande gerador de negócios e muito mais do que um cartão de visitas eletrônico. Deve transmitir de forma muito clara quem é a empresa, o que ela faz e para quem. Pode ser também um folder eletrônico para sua equipe de vendas.

É importante ressaltar que um bom site é tão importante para a formação da imagem da sua empresa quanto a localização do seu ponto de venda ou a fachada da sua loja.

Hoje, com a tecnologia, as empresas que praticam um marketing moderno – mesmo que se trate de marketing de massa – têm a possibilidade de assumir o papel de pequenos proprietários, novamente fazendo negócios com indivíduos, um de cada vez. O computador lhes proporciona uma memória infalível das necessidades individualmente diferenciadas de todo cliente. Você têm condições de estimar o potencial futuro de cada um. A sua empresa pode iniciar pequena, mas independentemente das proporções que venha a atingir, essa revolução tecnológica já lhe possibilitou manter o papel de pequeno proprietário com cada cliente, mesmo que você tenha milhões de clientes.

A web tem o potencial de minimizar o custo por mil (CPM) clientes que você atinge com as mensagens de marketing. Ao estimular a fidelidade, você também diminui os custos associados ao marketing para cada cliente com o tempo, pois os clientes atuais não precisarão do mesmo nível de investimento em marketing que precisavam quando você os adquiriu como clientes.

A tecnologia da web, por si só, não oferecerá uma vantagem competitiva.
Tornar conveniente para seus clientes ou usuários on-line obter um benefício substancial daquilo que sua empresa oferece será a chave para sua vantagem competitiva.

Leave a Comment (0) ↓