A Palavra Final é do Consumidor

Num mercado globalizado na qual a oferta de produtos que atendam as expectativas dos consumidores se tornou fundamental, seja em relação à qualidade ou ao preço em questão, entende-se que o desafio da conquista pelo cliente é muito maior.

É ele, o consumidor, que ditará as regras do jogo. Um jogo no qual, não poderá existir ganhador nem perdedor, mas satisfação mútua e geração de valor.

O critério para o desempate deste jogo, não consiste em oferecer descontos, realçar a qualidade ou as características positivas do produto, mas ir além. É demonstrar o quanto o produto ofertado será capaz de contribuir com as metas do consumidor.

Portanto, metas implicam em prazos que devem ser cumpridos dentro das expectativas do consumidor. O produto então, se torna apenas um meio e não o objetivo central da compra.

Seja pela variedade de produtos, ou na escolha do segmento a atender, o melhor critério para a satisfação do consumidor, além de vender com qualidade, é investigar quais são as suas metas.
Isto é: O que ele (cliente), necessita ou deseja alcançar em determinado prazo por meio do produto adquirido?

Pode-se dizer que os produtos que compramos refletem as nossas carências humanas e sociais, assim sendo, as metas a serem atingidas estão relacionadas à oportunidade de sermos mais bem sucedidos na nossa vida pessoal e profissional.

Entende-se que o poder de julgamento e decisão esta definitivamente nas mãos do consumidor. É ele que detém o motivo da compra, e conhece o contexto no qual esta inserido, o produto será para ele então, apenas um instrumental para a realização dos seus sonhos.

Na busca incessante por clientes fiéis, fazê-los felizes a todo o momento é a base de um relacionamento comercial saudável. Uma venda mal realizada trará prejuízos para a empresa e infelicidades para o cliente.

Como aquele velho ditado conhecido por muitos: Quando um não quer, dois não fazem, a decisão maior pela compra deste ou daquele produto, esta nas mãos do cliente, e o poder de dizer sim ou não depende exclusivamente da sua vontade!

Pense, reflita e boas vendas!

Leave a Comment (0) ↓